O RELEVO, AS MONTANHAS

A presença do Alvarinho de Monção e Melgaço estende-se desde o vale do Rio Minho e dos seus afluentes, subindo na meia encosta da montanha, adaptando-se a diferentes tipos de terreno e alcançando razoáveis níveis de altitude. As montanhas proporcionam uma proteção contra a influência  do Atlântico.

Os solos desta região são de origem granítica e favorece a qualidade das uvas e o toque Mineralidade muito presente nos nossos vinhos.

Solos, Origem Granítica

Possui um microclima muito particular, no qual a viticultura se desenvolveu desde o vale do Rio Minho e dos seus afluentes, subindo na meia encosta da montanha, ultrapassando os obstáculos do terreno e da altitude. O Alvarinho desta sub-região está pouco exposto à influência do mar e tem, como uma das condições favoráveis ao seu desenvolvimento, a amplitude térmica na maturação, caracterizada por dias quentes e noites frias. Este fator contribui para a proteção dos aromas e para a persistência do sabor, retendo a sua frescura.

O sistema de condução das nossas vinhas. 

As nossas plantações são divididas em parcelas com sistema de condução descendente que se caracteriza pela vegetação da videira voltada para baixo e permitindo apenas a exposição solar parcial e ainda sistema de condução ascendente onde apresenta uma vegetação ascendente que proporcionando uma grande exposição solar aos cachos.